Descubra um elemento-chave para ter motivação na vida

Heidi Muniz | Autoestima

fev 09
motivação

Viver sem motivação pode gerar aqueles momentos em que vem uma tristeza, sem razão aparente. Em outras ocasiões, talvez você sinta ressentimento, pelas coisas que deixou de fazer porque pensou primeiro nos outros. Mas a principal consequência de não ter motivação é a estagnação. É continuar vivendo com os mesmos problemas ou nunca iniciar algum novo projeto de vida.

Assim, muitas pessoas passam suas vidas insatisfeitas, seja com o trabalho ou com a vida pessoal. E nunca chegam a fazer mudanças. Não saem do lugar.

Porém, a motivação não é um privilégio apenas para quem já acorda sorrindo de manhã cedo. Cada pessoa tem razões específicas que a deixam motivada. A questão é descobrir quais são as suas razões. Então a fim de ajudá-la nesta jornada de autoconhecimento, este artigo discute como a motivação é gerada e apresenta um elemento-chave para se sentir motivada. Confira a seguir.

Como é gerada a motivação?

Imagem de Rawpixel, via Unsplash.

Dentre os vários fatores que geram a motivação, há 2 muito importantes para boa parte das pessoas.

Todo ser humano tem desejos e necessidades e é isso o que desperta o interesse de alguém. Dessa forma, o primeiro fator para você ter motivação é existir alguma coisa que você quer ou precisa muito fazer. Pode ser aquela faculdade que você sempre sonhou em fazer. Pode ser o negócio próprio que você gostaria de ter. Talvez uma nova chance no amor. Ou ainda uma nova função no trabalho que seria bom para o seu crescimento ou que é preciso para a sua empresa. Enfim, cada pessoa tem um desejo ou necessidade especifica que gera o seu interesse de agir.

E o segundo fator que gera a motivação é estar livre de impedimentos. Quando o impedimento é físico, financeiro ou dependente do tempo, a motivação de uma pessoa pode ficar abalada. No entanto, se houver um forte compromisso com aquele propósito, você irá superar as suas dificuldades. Agora há um outro tipo de impedimento, mais problemático, que paralisa uma pessoa: a insegurança.

A insegurança acontece quando há problemas de autoestima. Uma pessoa com baixa autoestima, duvida de si ou simplesmente não acredita que aquilo seja para ela. Mais do que isso, ela duvida que ela seja capaz de realizar aquele objetivo. Essa insegurança também cria o medo de falhar, de tentar e não dar certo. São estas restrições criadas pela mente, que impedem você de agir e fazem você perder o interesse de seguir em frente.

Conheça um elemento-chave para ter motivação

Imagem de Clique Images, via Unsplash.

Considerando que a insegurança é um dos maiores obstáculos para realizar objetivos, um elemento-chave para ter motivação é uma autoestima saudável. Ter uma autoestima saudável ou ter autoconfiança, significa saber que você é capaz. Que você pode ir lá e tentar, o que quer que seja do seu interesse.

Quando há autoconfiança, não importa o obstáculo, o seu interesse, a sua motivação não morre. Portanto, com uma autoestima saudável, você vai até o fim. Até porque, contratempos são previstos em qualquer caminho. Toda pessoa enfrenta problemas. Mas o que diferencia uma pessoa confiante de outra insegura é estar disposto a continuar apesar das dificuldades.

O que é autoestima?

Imagem de Thought Catalog, via Unsplash.

A autoestima não se resume a gostar do seu corpo e do seu rosto. A autoestima é na verdade a confiança de que você é uma pessoa capaz, de que você merece ser feliz e de que você tem todo o direito de escolher a direção da sua vida. Esta confiança é desenvolvida a partir da opinião que você tem de si mesma. Você vê tudo o que você pensa, sente e faz, 24 horas por dia, todos os dias. Então a partir desta auto-observação, você cria uma opinião sobre si mesma, que pode fortalecer ou enfraquecer a sua autoestima.

Isso justifica porque há pessoas que mesmo recebendo elogios, continuam se sentindo inseguras. A sua autoestima é criada pela maneira como você se vê. Portanto, não importa quantas pessoas digam que você é linda e super competente. Se você mesma não acredita nisso, se não consegue ver assim, então qualquer elogio será visto como mera gentileza.

Por acaso você costuma pensar primeiro nos outros? Saiba como isso afeta a sua autoestima

Se você já se sacrificou pelo bem-estar das pessoas ao seu redor e deixou de fazer o que você gostaria, isso também afeta a sua autoestima. Principalmente para quem é mãe, priorizar a educação e o cuidado dos filhos é natural. Mas o problema é que, mesmo depois que os filhos se tornam adultos, muitas mães esquecem de cuidar de si. E ao abrir mão dos seus desejos e necessidades, você está deixando de fazer o que realmente te motiva. Então com o passar dos anos, sempre fazendo o que as outras pessoas precisam e nunca o que você quer, a mensagem que você reforça para si é  “minhas vontades não são tão importantes assim”. E isso intensifica a insegurança e o medo de falhar, de tal modo que você permaneça sem motivação. Em vista disso, cuidar da sua autoestima é fundamental para se sentir motivada.

Aprenda a construir a sua autoestima com o Mudança em Foco

coaching de autoestima

Imagem de Drop the label movement, via Unsplash.

Você aprendeu neste artigo que uma autoestima saudável é essencial para ter motivação na vida. E a autoconfiança é uma habilidade, que pode ser desenvolvida. Portanto, sempre é tempo de você construir a sua autoestima. Já que a autoestima é baseada na opinião que você tem si mesma, se tornar mais confiante é algo que apenas você pode fazer. Mas e se você não souber por onde começar? Você pode fazer o coaching de autoestima do Mudança em Foco.

Nosso programa de desenvolvimento humano reúne ferramentas do coaching e aprendizados sobre autoestima. Com sessões personalizadas, os pilares da autoestima serão desenvolvidos considerando o aspecto específico com o qual você se sente insegura. Você treinará habilidades como autorresponsabilidade, autoaceitação e autoconsciência. As sessões são objetivas e didáticas, acompanhadas de planos semanais para colocar em prática o que você aprendeu. E o melhor é que você pode fazer um sessão experimental completamente gratuita, para descobrir se o coaching de autoestima é para você. Caso queira saber mais informações, acesse a página de Serviços. Você é muito bem-vinda aqui no Mudança em Foco! Espero você na sua sessão experimental.

Um abraço!

Imagem principal: Artem Bali, via Unsplash.
Follow

Sobre a autora

Fundadora do Mudança em Foco. Heidi Muniz é coach de vida certificada pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC). Com o coaching, ela ajuda pessoas a fortalecer a autoestima, construir relacionamentos saudáveis, ser mais produtivo no trabalho e a se comunicar melhor. Para conhecer mais sobre os tipos de coaching oferecidos pela Heidi, acesse a página de Serviços ou a página Sobre.