O que é ser introvertido? Conheça o dia a dia de uma pessoa introvertida

Heidi Muniz | Autoestima

set 01
o que é ser introvertido

Por acaso alguém já disse que você é muito fechado? As pessoas costumam cobrar que você nunca entra em contato? Às vezes você fica tão ocupado com os seus próprios assuntos que nem sabe o que está acontecendo no restante do mundo? Já reclamaram que você é introvertido? Então bem-vindo(a) ao clube. Embora pareça que o mundo tenha mais pessoas extrovertidas, que gostam e precisam de interação social, nós introvertidos somos muitos. Mas o que é ser introvertido, afinal?

A fim de entender melhor a introversão, este artigo conta algumas peripécias do dia a dia de uma pessoa introvertida e, no final, discute o que é ser introvertido e por que não há nada de errado em ser assim.

O dia a dia de uma pessoa introvertida

Se divertir quando está sozinho(a)

Na visão de um introvertido, ficar sozinho é maravilhoso. Você pode fazer todas as coisas que gosta e no seu ritmo. E não por acaso, as atividades divertidas são individuais, tais como:

  • ouvir música
  • assistir filmes e séries
  • ler
  • jogar games
  • cantar e dançar, imitando seus ídolos (sim introvertidos podem dançar)
  • gastar horas na internet (vendo memes, pesquisando no Google)
  • estudar (você leu certo, tem gente que gosta de estudar)
  • criar/reformar objetos com tutorais DIY (“do it yourself” ou “faça você mesmo”)
  • passar a tarde fazendo compras no shopping sozinha(o)

E um hábito essencial para um introvertido é falar sozinho. Minha nossa! Como é bom! Quando você não pode fazer isso, dá até uma sensação de que alguma coisa está faltando. Tudo fica mais divertido com a sua própria narração do mundo. Além disso, momentos difíceis ou acontecimentos importantes, são processados em uma longa conversa consigo mesmo.

Ficar deslocado(a) em festas

Ficar deslocado(a) em uma festa não significa que você seja antissocial. Pense bem, se você costuma se divertir sozinho, é normal que você não tenha familiaridade ou não saiba muito bem como se divertir em grupo. E é assim que comer os salgadinhos da festa se torna a sua primeira opção para interagir. É a sua maneira de dizer “Oi, estou participando hein”… kkkkkk

Viajar em seus próprios pensamentos

Junte a combinação ser obrigado a esperar + um introvertido. O resultado são pensamentos infinitos. É por isso que andar de carro é uma oportunidade perfeita para se perder em seus próprios pensamentos. E o ônibus e o avião, então? Dão mais tempo ainda para você pensar na vida, lembrar do que já aconteceu, criar expectativas do futuro, analisar o que você fez e o que não fez, enfim, nunca falta assunto para pensar!

Ficar exausto(a) após interagir com várias pessoas

Suponha que você precise fazer uma apresentação. Mesmo que seja para 10 pessoas, isso já é suficiente para você ficar exausto(a) depois que tudo acabar. Interagir com um grupo geralmente não é tão confortável para um introvertido. Diferente dos extrovertidos, que se energizam com a interação social, os introvertidos gastam energia porque estão se esforçando para fazer algo que não lhes é cotidiano.

Após interagir com várias pessoas, chegando em casa a única coisa que você quer é dormir e descansar.

O que é ser introvertido?

De acordo com Carl Jung, renomado psiquiatra suíço, o introvertido é um tipo psicológico, que descreve pessoas que vivem orientadas para seu mundo interior. Na prática, você se sente confortável em usar boa parte do tempo com seus próprios pensamentos e sentimentos.

Estar sozinho não é um sacrifício para um introvertido, ao contrário, é natural. Por ser natural estar em seu mundo interior, o introvertido sente que suas energias são gastas quando tem que prestar atenção/participar do mundo exterior. Afinal, fazer algo que não é natural ou confortável para você, exige esforço.

Ser introvertido é um tipo psicológico, portanto, não é um defeito nem um problema. É simplesmente a maneira como você funciona. E diferente do que se possa pensar, não é a introversão que te impede de interagir com pessoas, mas sim a falta de disposição em aprender a se comunicar. Talvez você esteja se protegendo do mundo exterior, mas há grandes chances de que ninguém esteja te atacando. Talvez as pessoas que você acha que estão te incomodando, só queiram ter a sua atenção por alguns minutos, para conhecer você e o seu mundo.

Participe dos comentários

Conte nos comentários a sua principal dificuldade no dia a dia por ser introvertido ou algo que você costuma fazer para se divertir sozinho. E caso você queira ler mais conteúdos como este para introvertidos, inscreva-se na newsletter e receba gratuitamente os novos artigos.

Um abraço!

Receba gratuitamente os conteúdos para introvertidos
Follow

Sobre a autora

Fundadora do Mudança em Foco. Heidi Muniz é coach e mentora de desenvolvimento pessoal. Suas linhas de trabalho são a autoestima, relacionamentos amorosos e crescimento pessoal. Saiba mais sobre as mentorias da Heidi na página Serviços ou conheça a trajetória dela na página Sobre.